Um 1º de maio histórico

O Dia do Trabalhador deste ano é histórico. Milhares de desempregados, milhares de trabalhadores sem expectativas e cheios de dúvidas.

A partir desse 1º de maio, minha jornada de trabalho e meu salário foram reduzidos em 25%. A situação não está fácil, mas há colegas de profissão desempregados e outros que tiveram maior perda salarial.

O navio é um só e estamos todos nele. Alguns mais à proa e a maioria agarrada à popa. Se a remada continuar desigual, o naufrágio é mais à frente. Sem um comandante que conduza a embarcação, parece que teremos que enfrentar a grande tormenta que se aproxima.

Esse talvez não seja o caso de um bote salva-vidas. Talvez um motim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *