Meteoro para quê?

Pode ser uma força de expressão, um desabafo ou mesmo uma reflexão íntima.  Qualquer comentário sobre a falência da humanidade é o mesmo que xingar a própria irmã de filha de chocadeira.

A corrupção e a violência são, geralmente, os motores geradores desse tipo de comentário que às vezes pede um meteoro como solução para a humanidade “que falhou miseravelmente”.  Quem comenta não é um cachorro ou uma girafa, mas uma individuo da espécie humana. Como essa pessoa se encaixa nessa sociedade tão cheia de erros? É uma dúvida que tenho. Leia mais

Vida sem egoísmo

Cada vida vale.

A do idoso que vive com a saúde debilitada, a da criança que corre cheia de energia, a do garoto que disputa a atenção dos colegas, a do adulto que se divide entre a preocupação com a saúde e a manutenção financeira.

Não importa se negro, branco, feio ou belo. Estar vivo importa. Toda vida tem seu valor. Seja a do sacerdote que aconselha paciência para as horas de angústia, seja a do incauto que avança sobre o direito do outro. Leia mais